Congresso Brasileiro do Sono

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CIRURGIA BARIÁTRICA, REEDUCAÇÃO ALIMENTAR E EXERCÍCIO DE CANTO NO CONTROLE DA APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO – ESTUDO DE CASO

Introdução

Dentre as atuais publicações de estudos científicos, algumas considerações correlacionam a prática de exercícios vocais através do canto, com uma melhora na redução dos índices de ronco e apneia. A cirurgia bariátrica associada a reeducação alimentar tem grande relevância no tratamento destes distúrbios, pode ser vinculada aos treinos vocais potencializando os resultados.

Objetivo

Identificar as interferências da cirurgia bariátrica, reeducação alimentar e exercício de canto no controle do índice de Apneia e Hipopnéia do sono, evidenciada em paciente submetida à polissonografia tipo I em ambulatório do sono.

Métodos

Foi realizado exame de polissonografia tipo I antes da cirurgia bariátrica e repetido o exame seis meses depois, com a inclusão da pratica de aulas de canto na rotina. Um comparativo dos achados da eficiência do sono, IMC e IAH foi realizado.

Resultados

Foi identificado que o IMC da paciente passou de 32.7 kg/m2 para 30.5 kg/m2, enquanto que a eficiência do sono, inicialmente reduzida por aumento da latência para início do sono e aumento do tempo em vigília após adormecer, no segundo exame, foi classificada como normal. O IAH (índice de apneia e hipopneia) que era de 12.5 n/h, passou a 2.1 n/h.

Conclusões

Os exercícios vocais do canto podem ser eficazes na melhora do tônus muscular e diminuição dos eventos respiratórios de ronco e apneia do sono. No estudo em questão, a cirurgia bariátrica associada a reeducação alimentar e aula de canto parece ter sido eficaz no estímulo à redução do IAH da paciente e da melhoria da qualidade de sono.

Palavras-chave

Polissonografia, Índice de Apneia e Hipopnéia, Atividade Física, Exercício de Canto.

Área

Relato de Caso

Autores

Aldeni Lima, Lidiane Santana, Carolina Almeida