Congresso Brasileiro do Sono

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação da eficácia de um protocolo de adaptação ao dispositivo de pressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) para pacientes em tratamento da Apneia Obstrutiva do Sono

Introdução

A Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) é um distúrbio respiratório prevalente, atrelado a impactos negativos nas funções orgânicas, aspectos sociais e até mesmo comportamentais. O tratamento da AOS consiste na pressurização das vias aéreas durante o sono através de equipamentos de CPAP (pressão positiva contínua na via aérea). O valor pressórico a ser oferecido com o CPAP pode ser definido ambulatorialmente, com protocolos conduzidos por fisioterapeutas. O ambulatório de adaptação ao CPAP no serviço do Sono do Hospital Universitário Walter Cantídio iniciou recentemente suas atividades assistenciais. Até o momento, não existem indicadores da efetividade do serviço.

Objetivo

Este estudo se propõe a (i) investigar a taxa de adesão ao tratamento da AOS em sujeitos que tiveram a titulação do nível pressórico realizada no ambulatório do sono; (ii) avaliar o tempo médio e dependência de consultas presenciais durante o processo de adaptação; (iii) avaliar a resposta ao tratamento (a partir dos desfechos qualidade de vida, qualidade do sono e funcionalidade).

Métodos

A amostra será por conveniência, com pacientes atendidos no ambulatório do sono no período de junho de 2019 a março de 2020. A resposta na taxa de adesão ao uso do CPAP será investigada a partir dos relatórios obtidos diretamente nos equipamentos de CPAP em uso pelos participantes. Os demais desfechos serão aferidos durante reavaliações a partir de instrumentos sensíveis e validados em três momentos distintos: 1, 6 e 12 meses após a adaptação ao CPAP. Os instrumentos utilizados serão: Escala de sonolência de Epworth, Escala de qualidade de vida através do instrumento WHOQOL-BREF, World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) e Mini Exame do Estado Mental (MEEM). Os dados serão apresentados de forma descritiva ou analítica. Para os desfechos analíticos, será utilizado teste Anova de dados pareados, ou o correspondente não-paramétrico. Serão utilizados os testes do Qui-Quadrado e t de student para analisar diferenças na utilização e adesão em termos de variáveis sociodemográficas e clínicas.

Resultados

Sem resultados

Conclusões

A hipótese é que o protocolo empregado seja uma estratégia eficiente e barata para a titulação da pressão e que repercuta em níveis satisfatórios de adesão ao tratamento.

Palavras-chave

Apneia Obstrutiva do Sono; Ventilação Não Invasiva; Cooperação e Adesão ao Tratamento; Eficácia.

Área

Projeto

Instituições

Universidade Federal do Ceará - Ceara - Brasil

Autores

FRANCISCA SORAYA LIMA SILVA, JOÃO PAULO DA SILVA BEZERRA, BEATRIZ CARNEIRO DA MOTA, ERIÁDINA ALVES DE LIMA, MANOEL ALVES SOBREIRA NETO, CAMILA FERREIRA LEITE